Dicas & Mídia

Envelhecimento capilar

O envelhecimento capilar é um fenômeno que normalmente começa a acontecer após os 40 anos. Porém, há inúmeras situações que podem antecipar e acelerar o início deste processo. Entre eles:

  • Radiação ultravioleta
  • Poluição
  • Tabagismo
  • Desordens alimentares
  • Infecções
  • Cirurgias
  • Alterações psicológicas
  • Mudanças hormonais
  • Medicamentos
  • Estresse

Tudo isto pode aumentar o estresse oxidativo no couro cabeludo e alterar o ciclo capilar normal. O estresse oxidativo resulta em excesso de radicais livres que podem provocar apoptose (morte celular programada) ou necrose das células dos folículos pilosos e, consequentemente, perda de cabelos. Outra consequência deste estresse oxidativo é a canície, ou seja, embranquecimento dos fios!

Para combater este estresse oxidativo, o consumo diário de substâncias antioxidantes, seja através da alimentação ou da suplementação, pode auxiliar na redução dos radicais livres oxidativos e reequilíbrio do metabolismo celular!

Alguns alimentos ricos em antioxidantes são: chás, suco de uva, brócolis, laranja, banana, maçã, café… Porém, nem sempre ingerimos as quantidades adequadas, e outras variáveis também são importantes, como a forma de preparo, cozimento, estocagem etc.

Portanto, a suplementação adequada parece ser benéfica para a maioria dos pacientes.

Porém, cada pessoa deve ser avaliada individualmente, para que não ocorram quadros de hipervitaminose (que podem ser tão maléficos quanto a deficiência de vitaminas) e para que outros fatores coadjuvantes possam ser também avaliados.

Compartilhe

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on email